Nas mídia

Contato:
Lauren Godinez
404.252.3663

Doces novidades sobre a stevia: A EFSA emite uma opinião positiva



ATLANTA (25 de maio de 2010) – O painel científico da EFSA - Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar sobre aditivos, estabeleceu um Consumo Diário Aceitável (CDA) para o adoçante de stevia de baixas calorias, abrindo caminho para outras aprovações na União Europeia do popular ingrediente como adoçante.  O Painel recomendou um CDA de 4 mg/kg massa corporal/dia para a stevia como parte do parecer solicitado pela Comissão Europeia. A stevia está atualmente aprovada como um suplemento dietético na União Europeia, mas não como um adoçante.

A stevia é relativamente nova no setor alimentar e de bebidas, mas há centenas de anos que é usada na América do Sul.  Deriva da planta stevia rebaudiana, que há muito é usada para adoçar bebidas e fazer chá.  A palavra "stevia" se refere à planta em si e aos seus componentes, sendo que apenas alguns deles são adoçantes.  Estes componentes adoçantes são chamados glicosídeos de esteviol. O CDA de stevia, ou glicosídeos de esteviol, recomendado pela EFSA, é compatível com o nível adotado anteriormente pelo Comitê Conjunto de Especialistas em Aditivos Alimentares da FAO/OMS (JECFA).

O CDA é um conceito regulador importante, muitas vezes mal interpretado.  O CDA é um cálculo bastante conservador da quantidade de um adoçante que pode ser consumido diariamente com segurança ao longo de toda a vida.  Não se trata de um ponto específico a partir do qual deixe de ser seguro e onde possam surgir problemas de saúde.  De fato, a ingestão ocasional acima do CDA não é preocupante.

Antes de emitir este parecer, o Painel da EFSA realizou uma análise exaustiva tanto em estudos com humanos quanto com animais envolvendo os glicosídeos de esteviol e concluiu que "não são, carcinogênicos nem estão associados a qualquer tipo de toxicidade reprodutiva ou evolutiva".

Nos EUA os glicosídeos de esteviol são usados como adoçantes comuns em alimentos e bebidas assim como adoçantes de mesa.  Para ver o relatório completo da EFSA visite: http://www.efsa.europa.eu/en/scdocs/doc/1537.pdf

###

 

O Conselho de Controle de Calorias, criado em 1966, é uma associação sem fins lucrativos representando a indústria alimentar e de bebidas de baixas calorias e baixo nível de gorduras. Representa atualmente 40 fabricantes e fornecedores de alimentos e bebidas de baixas calorias, baixo nível de gorduras e light, incluindo fabricantes e fornecedores de mais de uma dúzia de diferentes adoçantes dietéticos, substitutos de gordura e outros ingredientes de baixas calorias.

 

 

 

 

bottom

O Conselho de Controlo de Calorias, uma associação sem fins lucrativos fundada em 1966, procura ser um canal objetivo de comunicação de base científica sobre os alimentos e bebidas de baixas calorias, a fim de assegurar que a investigação e informação científica e ao nível do consumidor sejam divulgadas a todas as partes interessadas.
© Copyright Conselho de Controlo de Calorias.